Quando compramos um console, nem imaginamos as bugigangas que as empresas acabam lançando para que a gente possa jogar alguns poucos jogos. Algumas dessas bugigangas são extremamente divertidas e eficientes… outras nem tanto…

E é sobre esses “Acessórios Bugigangas” que vamos falar

POWER GLOVE – NES
Uma luva que simulava alguns sensores de movimentos, como os que já estamos familiarizados nos dias de hoje. Com ela, você podia rotacionar sua mão e ela controlaria um avião em games Shoot’n up ou pilotaria um carro em games de corrida por exemplo. Vendo os vídeos não me parece muito eficaz.

 

 

ZAPPER- NES
Essa eu tive o prazer de ter uma! A Zapper era uma arma muito popular no NES, principalmente por conta do game Duck Hunt. Ela funcionava com uma precisão muito boa se levarmos em consideração a tecnologia da época e rendia muitas horas de diversão por ser algo muito diferente do que tínhamos disponível no mercado.

 

 

GAME BOY CAMERA
Hoje em dia é extremamente comum qualquer celular ou console portátil possuir uma câmera, mas na época do Game Boy, as câmeras eram apenas polaroides ou com filme, então não era tão simples tirar uma foto e ver seu rosto na tela instantaneamente. Porém um acessório mudou esse conceito (ao menos por pouco tempo), o Game Boy câmera parecia extremamente divertido, com algumas funções que modificavam seu rosto e acrescentava orelhas, bigodes e etc, além de conter uma mini impressora para suas fotos…tirando a impressora, era quase como uma versão pré histórica do snapchat haha Confira ai a propaganda!

 

 

CABO LINK – GAME BOY
Hoje é extremamente comum e fácil a troca de dados entre dispositivos como celular, onde enviamos uma foto por wifi ou bluetooth por exemplo, sem nenhuma complicação. O mesmo acontece nos consoles atuais, como o Ds, 3ds e Wiiu por exemplo, onde podemos transferir nossos MIIs ou Pokemon simplesmente com a mágica da tecnologia. Mas na era do Game Boy isso só era possível através do Cabo Link, onde conectávamos dois consoles através do cabo para trocar pokemons e completar a pokedex.

tumblr_lme1sxv9JD1qch0w2o1_500

 

 

SUPER GAME BOY – SNES
Falando em Game boy e iniciando os acessórios do SNES, temos um cartucho especial e oficial da Big N que permita ao SNES rodar os cartuchos do Game Boy. Porém como o SNES tinha resolução maior que do GB, os games não rodavam em tela cheia, então para compensar essa deficiência, você podia escolher um backgroud. O acessório também possuía outras funções, como por exemplo a função que permitia você desenha na tela. Confira ai.

 

 

SUPER SCOPE – SNES
Esse acessório é como uma Zapper tunada, em forma de bazuca e que tinha jogos que pareciam extremamente divertidos também, como por exemplo Yoshi Safari. Os jogos lembram alguns games que só passamos a ter mais contato no Wii e a Scope conseguia ter uma precisão muito superior a Zapper ou a outros acessórios da concorrência.

 

 

MOUSE- SNES
Isso mesmo, o SNES tinha um Mouse para você poder jogar o game Mario Paint, um game que era um paint, só que do Mario hehe… brincadeiras a parte, o game tinha a função de pintar, desenhar, compor musicas com itens do Mario e até mesmo um game de matar moscas que tinha até mesmo boss, esse mesmo game de matar moscas encontra-se disponível em um Easter Egg em Mario Maker.

 

 

SATELLAVIEW – SNES
Já imaginou jogar super nintendo online em meados de 90? Pois é, isso era possível, claro que somente no Japão.
Este acessório utilizava um acesso de um canal de Tv a um satelite e por conta disso você só poderia utiliza-lo em determinados horários, havia uma interface que lembra vagamente a praça mii e é no mínimo um avô dos jogos onlines.
Sua biblioteca era pequena e a maioria dos jogos eram basicamente para fazer pontuações.

 

 

EXPANSION PACK – N64
Este acessório pode ser comparado a uma placa de vídeo em Pcs, ele era instalado no n64 e dava ao console um ganho em processamento, o que fazia com que alguns games rodassem com qualidade gráfica superior.

 

 

DK BONGO – GAME CUBE
Esse acessório é um dos que eu acho mais divertido de utilizar, são dois tambores que foram utilizados para um game chamado Donkey Konga, um jogo rítmico onde você selecionava musicas e fazia a percussão nos tambores

 

BÔNUS – GENESIS ACTIVATOR

Esse não é da Nintendo, mas é muito interessante. Você acha que controles de movimento surgiram apenas na geração passada? Sinto muito te informar, mas não, existe um acessório do Mega Drive chamado Activator, que é um octógono que fica no chão e que cada lado dele corresponde a um botão do controle. Ele funciona com infravermelho, o que é bem ultrapassado se comparado a tecnologias atuais. O jogador ficava no meio do acessório para a jogatina, socando e chutando tudo, na maior alegria, quando na realidade o sensor apenas detectava o movimento e pressionava o botão correspondente ao controle. Confere ai também!

 

Claro que existe uma infinidade de outros acessórios malucos, como por exemplo o Nintendo64DD, o Wii Balance Board e etc, mas não dava para mostrar todos aqui, por isso se deixamos algum para trás, deixe aí nos comentários, qual acessório maluco que você usou para jogar ou que você conhece?

Este post foi escrito por Terrys

Estudante de Técnologia e Gamer desde que me conheço por gente!

Veja outros posts de