Pois bem amiguinhos da NL! A notícia que todos sempre quisemos, mesmo quando não sabíamos disso, chegou como uma belíssima surpresa durante a E3 e não estou exagerando que ela tenha sido talvez a maior e mais importante revelação da feira de games!!

Durante o evento ficamos sabendo que será possível jogar Minecraft e Rocket League online mesmo em consoles diferentes. Sim, agora é possível que você e seu amigo caixista ou do PC Master Race joguem juntos. Bom, se seu amigo for sonysta, sinto muito, a Sony mandou um grande “Não vou me juntar a essas gentalhas!”.

Ainda assim, a notícia é promissora e sabemos que há muito tempo temos sonhado com isso, porém até então, poucos jogos disponibilizavam essa função e normalmente era feita apenas entre o PC e alguma plataforma X como o Playstation. A Microsoft também já estava brincando com a ideia dentro de alguns jogos de sua plataforma universal de jogos, mas até então apenas seus próprios títulos tinham essa função.

É claro que por enquanto temos apenas dois jogos, mas não podemos esquecer que cada caminho é feito um passo de cada vez e muitos outros títulos devem entrar na brincadeira em breve. Quem sabe logo não poderemos todos invadir as fazendas dos outros em Stardew Valley ou lutar juntos em algum jogo de luta como Dragon Ball? As possibilidades são infinitas e a vantagem esta muito alem de apenas jogar juntos!

Quantas vezes você nunca encontrou uma pessoa no seguinte dilema: Compro o console X, pois gosto dos jogos, ou compro o console Y onde poderei jogar online com meus amigos? Muitas vezes o modo online acaba sendo uma barreira que impacta diretamente em nossas decisões e nem todo mundo pode se dar ao luxo de comprar dois ou três consoles para desfrutar de tudo. O crossplay ataca justamente nesse ponto, agora você comprar seu console favorito e ainda assim se divertir com seus amigos em jogos multiplaformas como sempre gostou de fazer.

Unir as pessoas dentro de suas casas sempre foi a proposta do modo online, e é um absurdo que essa ideia exista com barreiras que as separem uma das outras. Por isso fico extremamente feliz em saber que as empresas estão dando um passo juntas na total integração do multiplayer e que, com isso, quem ganha somos nós.

 

 

 

 

Este post foi escrito por Will

Escritor, gamer e youtuber nas horas vagas! Sonha em dia criar um jogo que domine a industria gamer, alem de produzir livros, filmes e criar seu próprio império do entretenimento.

Veja outros posts de

  • Rubens Mateus Padoveze

    Só meio que… não é bem uma discordância… o ultimo parágrafo “… saber que as empresas estão dando um passo juntas …” eu acho que elas até estão andando juntas, mas foram meio que “empurradas” de uma forma positiva e consequência delas mesmo.

    Primeiro por falta de travas todos podiam fazer jogos e foi uma quebra de mercado, ai as produtoras de console foram e fizeram seus jogos e com o aumento da demanda (e vontade de vender mais) foram incentivando novas produtoras de jogos para obvio ter mais jogos e decidir os riscos de produção.
    E como um mercado crescente isso foi cada vez mais criando o “sonho de fazer seus próprios jogos e ficar rico”. Porem no começo como fazer? se era caro e difícil? Conseguir apoio das fabricantes de console, e elas por sua vez como contra partida queriam exclusividade. E convenhamos na época isso era pratica de mercado, não só dos games (Apple oi).

    Porém tempo passando e chegamos na época onde ter concorrência é exigido pelo mercado e pela vontade de inovar e todos conseguirem seu lugar, mesmo que tenham de fazer o próprio console. As ”
    grandes” entendo e viram “ou abrirmos para nova geração” ou “vamos ser atropeladas”. Dai a sony com isso me parece velha e ranzinza, tentando usar regras antigas que as novas gerações vão cada vez mais estranhar, estamos na geração de curtir o trabalho de outros, compartilhar, trocar informações, aprender novos jeitos, da novidade constante, da harmonia e igualdade, não da segregação.
    Nintendo e Microsoft viram bem isso e estão se abrindo, a microsoft muuuuuuito mais que a nintendo.
    A nintendo vejo meio “vamos ou não vamos”? Mas o povo tolera por ela ser “menor”e só ter os jogos.
    As outras duas como tem mais segmentos de mercado não vai ter essa colher de chá.

    Principalmente a microsoft que está em toda propaganda e posicionamento de mercado virar um plataforma não um produto, não duvido ver a microsoft fazendo uma parceria com a Nintendo, a primeira dá a estrutura de servidores, a segunda os jogos e programação. Ai teremos portáteis da nintendo, transmitiremos pelos Mixer da Microsoft, teremos celulares com windows (e talvez um PC ou Xbox para coisas de trabalho e alguns jogos mais parrudos).
    E a sony? Sei-la… vai produzir os campeonatos?
    ^^

    • NintendoLovers

      A Sony vai entrar com o haterismo e sendo a diferentona rs

      Brincadeiras a parte, o mercado mudou muito mesmo. Hoje ele nem mesmo precisa do modelo antigo de negócios, vide as empresas indies e desenvolvedores solitários lançando grandes jogos. Empurradas ou não, é bom que isso aconteceu, vai unir a diversão das pessoas e espero que esse seja apenas o primeiro passo de algo muito maior e melhor para nós =)

      • Rubens Mateus Padoveze

        Também